sexta-feira, 24 de maio de 2013

Educação escolhe Cespe para realizar concurso público de Alagoas

Secretaria de Educação escolhe Cespe para realizar concurso em AL com mais de 3.400 vagas

Com pelo menos seis meses de atraso em relação à data prevista, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) definiu que o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Fundação Universidade de Brasília (Cespe-UnB) vai organizar e aplicar as provas do certame. Escolhido por cotação de preços e não por licitação, o Cespe-UnB foi a única empresa a apresentar proposta à SEE, segundo o órgão.
Nesta quarta-feira (22), o processo oficializando a instituição para o concurso foi enviado à Procuradoria Geral do Estado (PGE).
Até a próxima segunda-feira, garante a secretaria, o governador  Teotonio Vilela Filho anuncia o cronograma do concurso – com prazo para publicação do edital e, finalmente, a data para a realização das provas.
A definição da empresa vinha sendo um dos entraves para que o edital do certame fosse publicado. O próprio secretário Adriano Soares defendia que a escolha da empresa se desse sem exigência de licitação. Em março, ele já havia adiantado que o Cespe-UNB era o preferido para organizar, elaborar e aplicar as provas do concurso.
“O Cespe, a Fundação Carlos Chagas e a Fundação Getúlio Vargas são as três instituições mais conceituadas quando o assunto é concurso público. Inclusive, o Cespe já aplicou as provas para os concursos da Polícia Militar, da Polícia Civil e para juízes aqui em Alagoas”, argumentou o secretário na época.
O concurso da Educação foi autorizado pelo governo em outubro do ano passado. Devem ser oferecidas 3.472 vagas, das quais 3.447 serão preenchidas por professores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário