quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

APOIO AO PRESIDENTE DA APEMG

Estou de acordo com José Pires (APEMG) e o apoio nesta situação vergonhosa de certas pessoas que acham que o Brasil tem dono e que eles são os proprietários do saber. Tanto no meu estado quanto nos outros ninguém é despolitizado e analfabeto. Que que adianta ser doutor se não traz benefício para a sociedade, fazer crescer e dar oportunidade para as pessoas. Até hoje gostaria de saber o que fez de concreto a COPESBRA para o espanhol ser implantado no Brasil? Por que ainda eles não foram aos estados exigirem isso? Se não fossem as APEs ainda estaríamos no zero. Eles devem respeito a todos os presidentes das Associações de Professores de Espanhol. São desrespeitosos com os professores do Brasil, principalmente com aqueles que ensinam na Educação Básica, só porque são doutores de universidades, saiam do escritório, coloquem a cara na vitrine e vão as escolas ver a situação que se encontram. Falar de uma situação é fácil quando se come caviar com vinho francês, agora venha comer bolacha com água e sentir o que é isso. Deveriam ser elegantes com as palavras, saibam que o Brasil não é só feito com vocês. Há conhecimento nos outros lugares. Digam o que realmente vocês estão ganhando dando cursos no Uruguai e na Argentina, nas pós-graduações.

Sinto-me tristeza e nojo com a falta de vergonha em dizer que somos pelegos e mortos de fome. Lembrem-se que o mundo gira!


Josinaldo Oliveira dos Santos
Presidente - APEEAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário