quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

REPÚDIO DA ATITUDE DE ALGUNS MEMBROS DA COPESBRA‏

Venho repudiar a atitude de alguns membros da COPESBRA em relação as Associações de Professores de Espanhol. As associações não são departamentos de universidades e nem chumbetas de nenhuma delas, e sim parceiras. As universidades, ou melhor, os professores devem entender que as representatividades são para os professores de espanhol desde da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Superior, EJA, Escolas Idiomas, etc. Os donos de cada APE são os próprios professores associados. Vergonhoso é ver gente que tem um título de doutor e querer impor o que acha, sua visão sem respeitar a maioria. Se não fossem as APEs que lutam, brigam, capacitam, motivam e oportunizam para todos o conhecimento, o que seriam dos profissionais ou dos futuros docentes? Estariam até hoje desatualizados. Basta verificar como saem os discentes delas! As universidades precisam das APEs para colocar a formação continuada em prática.

Em relação a Consejería, é um órgão que ajudou, ajuda e quem sabe venha ajudar ainda mais aos professores brasileiros de Norte a Sul, Leste a Oeste. Cabe a cada uma querer ou não a parceria. Mas como o estatuto diz: deve agregar o conhecimento a todos os associados. Seria uma incoerência não aceitar esta parceria como outra qualquer, desde de que venha melhorar o nível de conhecimento em língua espanhola e ensino.

Outra coisa, já que tantos defendem que não deveríamos ter o apoio da Consejería de Educación da Espanha, tragam ajuda financeira das universidades e banquem as idas dos representantes da APEs para os eventos. Como não vão fazer isso, por que ficam falando utopias??

Os presidentes ou os seus representantes querem que a língua espanhola se expanda e que os professores possam usufruir ao máximo de conhecimentos na área. Sem contar que um professor da Educação Básica que queira fazer uma pós-graduação em nível de Mestrado ou Doutorado é barrado geralmente a sua entrada, e deixam entrar aqueles que são apadrinhados na sua maioria. Antes de falar que as APEs são pelegas ou seus representantes, vejam o que vocês fazem lá, como também nos concursos para efetivos. É uma grande vergonha!!


Repudio essas atitudes que não enobrecem ao nosso país, principalmente a sociedade brasileira. Ainda bem que há universidades, ainda poucas, que são coerentes na sua forma de analisar, fazer e executar. Precisa entender que não é por indicação de A ou B, e sim por MERITOCRACIA!!!!! Se é que entendem o que isso na prática. Ainda falta muito para acontecer.

Doutor = a nível de titulação, mas para alguns estão longe de ser educados.

Prof. Josinaldo Oliveira dos Santos
Presidente

APOIO AO PRESIDENTE DA APEMG

Estou de acordo com José Pires (APEMG) e o apoio nesta situação vergonhosa de certas pessoas que acham que o Brasil tem dono e que eles são os proprietários do saber. Tanto no meu estado quanto nos outros ninguém é despolitizado e analfabeto. Que que adianta ser doutor se não traz benefício para a sociedade, fazer crescer e dar oportunidade para as pessoas. Até hoje gostaria de saber o que fez de concreto a COPESBRA para o espanhol ser implantado no Brasil? Por que ainda eles não foram aos estados exigirem isso? Se não fossem as APEs ainda estaríamos no zero. Eles devem respeito a todos os presidentes das Associações de Professores de Espanhol. São desrespeitosos com os professores do Brasil, principalmente com aqueles que ensinam na Educação Básica, só porque são doutores de universidades, saiam do escritório, coloquem a cara na vitrine e vão as escolas ver a situação que se encontram. Falar de uma situação é fácil quando se come caviar com vinho francês, agora venha comer bolacha com água e sentir o que é isso. Deveriam ser elegantes com as palavras, saibam que o Brasil não é só feito com vocês. Há conhecimento nos outros lugares. Digam o que realmente vocês estão ganhando dando cursos no Uruguai e na Argentina, nas pós-graduações.

Sinto-me tristeza e nojo com a falta de vergonha em dizer que somos pelegos e mortos de fome. Lembrem-se que o mundo gira!


Josinaldo Oliveira dos Santos
Presidente - APEEAL

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

ASSOCIADA DA APEEAL, A PROFA. MÔNICA LIMA CAVALCANTI LANÇOU LIVRO COMO ORGANIZADORA PELA UNEAL



Lançamento do Livro Cuentos, crónicas y poesias – uma produção dos alunos de Letras Espanhol do Campus IV (Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL) e com a organização da professora Mônica Lima Cavalcanti. O projeto foi financiado com recursos provenientes da Rubrica: Auxílio a Pesquisador, sob a coordenação da Professora Maria Betânia Rocha de Oliveira.

Desejamos parabéns pela brilhante obra publicada.


domingo, 26 de fevereiro de 2012

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O IV SIMPOSIO DE ESPANHOL DA UESPI


O IV SIMPOSIO DE ESPANHOL DA UESPI acontecerá nos dias: 28,29 ,30 e 31 de março de 2012 com carga horária de 60h/a de forma presencial (sendo 20h na modalidade a distância para alunos do Curso de Letras Espanhol-EaD.

O evento realizar-se-á na UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI, CAMPUS: POETA TORQUATO NETO mais precisamente nos espaços: /auditório central da UESPI, Sala de vídeo do CCHL , anfiteatro do CCN e Núcleo de Pós-graduação da UESPI.

Os objetivos do evento entre outros são:Promover a integração de estudantes e professores desta IES e de outras Instituições, visando discutir os fundamentos básicos do conhecimento sobre a Língua Espanhola, bem como proporcionar intercâmbio cultural;Viabilizar aos alunos da graduação oportunidade de cumprir carga horária das atividades complementares curriculares; Reunir e divulgar ideias e reflexões a respeito das “nova tendência da Língua e Literatura” do Ensino de Língua Estrangeira Moderna, os estudos interculturais e a metodologia.

As inscrições estão ABERTAS para comunicações e participações como ouvintes . Para mais informação sobre o evento acesse o

http://alunoweb.uespi.br/siesp/app/webroot/cadastros/login



domingo, 19 de fevereiro de 2012

CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DA REDE ESTADUAL DE SERGIPE

Secretaria de Estado da Educação - SE


TOTAL DE VAGAS: 40 VAGAS PARA PROFESSOR DE ESPANHOL
CARGA HORÁRIA: 200 HORAS/MENSAIS
SALÁRIO: 1661,80 + 40% SOBRE REGÊNCIA (QUEM ESTIVER EM SALA DE AULA)

REQUISTO: Diploma, devidamente registrado, de curso superior de licenciatura plena em Letras - Espanhol, ou Português-Espanhol fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

INSCRIÇÕES: ATÉ 11/03/2012

MAIS INFORMAÇÕES: www.funcab.org

A taxa de inscrição é no valor de R$59.

ASSUNTO:

ESPANHOL (para os candidatos inscritos na disciplina ESPANHOL):

1 Interpretação e compreensão dos diversos aspectos textuais; uso e domínio das estratégias de leitura: compreensão geral do texto; reconhecimento de informações específicas; inferência e predição; palavras cognatas e falsos cognatos; abordagem da linguagem sob novos enfoques. 2 Vocabulário: domínio de vocabulário compatível com a interpretação e elaboração de texto, dentro do conteúdo exigido. 3 Aspectos gramaticais: el alfabeto gráfico y oral; artículos; pronombres; personales de tratamiento; presente de indicativo: ser, estar y tener; adjetivos posesivos, la familia; contracciones; combinaciones; perífrasis de futuro; lugares y medios de transporte; los numerales; el articulo neutro LO; objetos variados; los colores; adverbios y expresiones de tiempo; verbos; pronombres demostrativos; adverbios y pronombres interrogativos; formacióndel plural. 4 Aprendizagens em língua estrangeira. 5 Relação entre Língua, cultura e sociedade.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Alunos da Uneal São Miguel dos Campos participam de intercambio no Chile


Um grupo de três alunos do Campus IV, da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), esteve durante os dias de 09 a 20 de janeiro, na cidade de Santiago, no Chile, participando de um curso de aperfeiçoamento de professores de espanhol.

Os alunos Edson Timotéo, Jeane Eugênio e Daniel Militão, estudantes do curso de Letras Espanhol do campus IV, participaram do curso realizado na Universidad de Chile, em Santiago e na ocasião conseguiram firmar convênio com a universidade chilena.

“Foi uma ótima experiência, não só pelo fato de participarmos do curso, que já nos foi de grande importância, mas também de adquirimos conhecimentos de aspectos culturais daquele país”, comentou o aluno Edson Timotéo.

Além do intercambio entre alunos brasileiros e chinelos, na bagagem os miguelenses trouxeram o acordo já firmado entre as universidades, “no próximo ano alunos da Uneal de São Miguel terão a oportunidade de estudar durante 15 dias naquela universidade”, explicou Timotéo.

A viagem dos alunos foi possível por conta do apoio recebido da diretora do Campus IV, professora Betânia Rocha e do reitor e vice da Uneal, Jairo Campos e Clébio Correia, respectivamente.


AlagoasWeb/Assessoria

AlagoasWeb/Assessoria

UNIVERSIDAD DE LA RIOJA (ESPAÑA): VIII EDITAL DE BOLSAS 2012-2013 DE CURSOS DE LÍNGUA E DE CULTURA ESPANHOLAS‏

Estimados Señores,

Me complace contactar de nuevo con Vds. desde la Universidad de La Rioja, en relación al VIII Edital de Bolsas 2012-2013 de Cursos de Língua e de CulturaEspanholas de la Universidad de La Rioja, que ponemos de nuevo en marcha con el patrocinio del banco Santander. Al igual que en ediciones anteriores, es fundamental contar con su colaboración en la difusión del programa en su Universidad.

Los candidatos interesados pueden registrar sus solicitudes directamente en nuestra página web www.unirioja.es/espanol/editalbolsa donde está disponible toda la información sobre la convocatoria. La fecha de apertura de la convocatoria será el día 20 de febrero y la fecha límite de recepción de solicitudes on-line finalizará el 4 de abril de 2012.

Si necesitan cualquier información adicional, por favor no duden en contactar con nosotros.

Agradeciendo de antemano su segura colaboración, le envío un cordial saludo,

Sylvia Sastre i Riba

Vicerrectora de Relaciones Internacionales e Institucionales

Universidad de La Rioja